Investir tempo e dinheiro ao criar uma campanha de email marketing deve ser algo muito bem pensado. Mas segundo a DMA (Direct Marketing Association) pra cada R$ 1 gasto em e-mail marketing, a média de retorno é de R$ 41. São 410% de lucro, algo praticamente impossível em outros formatos de marketing.

E se você está tendo resultados muito inferiores a isso, algo está errado!

Porque meus emails não dão resultado?

Nas respostas abaixo você pode incrementar hoje o rendimento da suas campanhas, Confira!

 


 

 

1. Seus assuntos não causam uma boa impressão

A experiência do seu destinatário com o email começa antes que o email seja aberto – com o assunto. Muita coisa está em jogo nesses 50 caracteres ou menos. Alguns erros clássicos incluem os CAPS, pontos de exclamação excessivos, e – é claro – assuntos que não apresentam o real conteúdo do seu email.

O que fazer? Testes A/B para seus assuntos.
Tente fazer com que eles sejam o mais fiéis possível ao conteúdo do próprio email.

 

 

2. Seu leitor fica entediado

Seus emails são secos, grandes e/ou monótonos?  Imagine que o destinatário do email está se arrumando para uma reunião importante,  procurando seus sapatos, seu filho se lambuzou todo durante o almoço, e ele já está atrasado para uma reunião. Ele não tem um ano para tentar decodificar e analisar o que você gostaria de dizer com milhares de palavras. O tempo dele é precioso, não o desperdice.

O que fazer? Não tenha medo de usar um pouco de toque humano, ou até mesmo de ser um pouco divertido. (Como nestes emails da Enjoei)
Não tente escrever um romance – o mais rápido você puder chegar ao seu CTA melhor.

 

 

3. Você esqueceu/confundiu o nome do cliente

Durante o meu pior relacionamento na faculdade, a menina com quem eu estava saindo admitiu que ela tinha esquecido o meu nome. Ela explicou que havia saído e conhecido diversos caras naqueles últimos dias, mas não tem como a gente aceitar muito bem, certo? O estrago já estava feito. Ou seja, você precisa promover a customização de email marketing quando enviar os seus, pelo menos, não tente não usar o nome errado.

O que fazer? Tente sempre estar com seu banco de dados da sua base atualizado, nesse caso, a automação de marketing pode ajudá-lo facilmente a nunca incorrer nesse deslize.

 

 

4. Você está falando excessivamente sobre você

O público de seus emails não precisa de emails a respeito de como você está reformando sua empresa, ou como ela celebrou recentemente seu décimo quarto mês no mercado. Deixe este tipo de atualizações para seu blog ou mídias sociais … ou para um telefonema para sua mãe.

O que fazer? Faça com que seus emails tenham o foco somente no seu público, nas suas personas.
Eles deverão ser interessantes e divertidos para as pessoas que ainda não estão 100% certas de investirem em seu negócio.

 

 

5. Você não dá oportunidade de conversa

Email marketing é sobre conversas e relacionamentos, não sobre exibicionismos. Não envie vários emails sobre um tópico que seu público não esteja interessado; não envie o mesmo email duas vezes; e – se você tiver a tecnologia – tente não oferecer para eles um conteúdo que eles já viram em seu blog ou site.

O que fazer? Use a automação de marketing para ouvir e responder às preferências e comportamentos das suas personas.
Deixe um caminho para que seus leitores entre em contato de forma fácil e rápida.

Avalie o que você pode melhorar e o que se encaixa no seu caso.
E vamos juntos melhorar nossos e-mails.

 

Sucesso,
Douglas W. P.

Transforme Segudores em Clientes